CARREGANDO...

Type to search

Esporte Todas

Neymar ou Ganso? Palmeiras ou Santos? Aos 31, Maikon Leite sai do muro ao falar da carreira

Compartilhar
Neymar ou Ganso? Palmeiras ou Santos? Aos 31, Maikon Leite sai do muro ao falar da carreira


Campeão da América com a dupla EM 2011, atacante, hoje no Amazonas FC, responde se ex-companheiros foram tão longe quanto era esperado há 10 anos e conta onde viveu auge no futebol

Se lá em 2010 alguém te parasse na rua e perguntasse: “Quem vai ser melhor no futuro, Neymar ou Ganso?” O que você responderia? No fim da década passada, quando a dupla surgiu junta na base e passou a se destacar pelo Santos, esse era um dos questionamentos mais vívidos entre torcida e a imprensa esportiva.

Quem viveu de perto a parceria de sucesso, quase que de camarote, prefere até hoje não responder essa pergunta. Ex-companheiro e campeão da Copa do Brasil e da Libertadores ao lado da dupla, Maikon Leite acredita que ambos foram longe. E que, dentro de suas características, são geniais e indispensáveis em qualquer equipe. Porém, não respondeu quem foi além. Ou quem correspendeu mais as expectativas.

– Cada um foi evoluindo com o tempo e dentro de suas características. O Ganso sofreu com problemas de lesões que o atrapalharam, mas não tenho nenhum receio de falar que são dois craques, mas cada um com sua característica. Ganso foi o cara mais inteligente que joguei na minha carreira. Tenho nem que argumentar isso. Tiveram proporções diferentes, mas, se fosse perguntar, quem não gostaria de ter um Ganso no time. Neymar então, indiscutível. Dois craques – disse.

Se por um lado Maikon ficou em cima do muro ao responder sobre os jogadores, por outro ele foi mais sincero ao comentar sobre seu auge na carreira. Apesar do bicampeonato da Copa do Brasil e do título da Série B pelo Palmeiras, Leite não teve dúvidas ao afirmar que o ápice foi no Santos. No Peixe, ele levou dois paulistas, uma Copa do Brasil e uma Libertadores da América.

“É díficil falar de auge, mas acredito que foi no Santos. Lá foram quatro títulos: dois paulistas, uma Copa do Brasil e uma Libertadores. A Libertadores foi meu auge, maior título da minha carreira. No Palmeiras também tive a Copa do Brasil. Recentemente fui campeão catarinense pelo Figueirense. Resumindo: tive uma carreira vitoriosa, e aqui estou buscando isso”

Maikon Leite foi campeão da Copa do Brasil em 2012 pelo Verdão — Foto: Marcos Ribolli

Aos 31 anos e com quase 15 de carreira, com passagens por grandes clubes do país e até fora do Brasil, Maikon Leite acertou com o Amazonas FC, clube recém-fundado e que vai disputar pela primeira vez o Campeonato Amazonense. Ele comentou sobre as expectativas e que vislumbra erguer mais uma taça.

– Eu tenho que fazer o que sempre fiz em todos os clubes, não posso mudar minhas características. Vou tentar me doar ao máximo, chegar no final do jogo e conseguir os resultados necessários. Vamos chegar nas cabeças. O objetivo é só um: ser campeão. Conseguir o objetivo de dar um calendário para o ano que vem é o mínimo que buscamos – ilustrou.

O jogador falou sobre as lesões que atormetaram grande parte de sua vida no futebol. A mais grave, inclusive, foi com menos de 20 anos, em 2008, quando atuava pelo Santos. Questionado se poderia ter tido uma carreira mais gloriosa em caso de menos contusões, ele afirmou que ganhou quase todos os títulos possíveis e que quer ser lembrado por essas conquistas.

Neymar e Ganso foram campeões da Libertadores em 2011 pelo Santos — Foto: Grazir Junior / Globoesporte.com

– É complicado falar em hipóteses, mas não tenho do que reclamar. Claro que se eu pudesse estar em outro patamar, num outrom momentom da carreira, seria interessante, mas não me arrependo de nada. Tive uma carreira vitoriosa. Lesões fazem parte da carreira de qualquer jogador. Eu passei por uma grave ainda muito novo, com 18 para 19 anos, mas superei e joguei em alto nível. Fui multicampeão e hoje estou aqui dando mais um passo na carreira.

Maikon assinou com a Onça Pintada da Zona Leste após passagem pelo Brasiliense. Em 2018, vestiu a camisa do Figueirense e foi campeão catarinense. A estreia em 2020 será no dia 22 de janeiro, contra o atual vice-campeão estadual, Fast, na Arena da Amazônia.

Fonte:Leia Mais…

Tags:

You Might also Like

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *